sábado, 21 de fevereiro de 2015

A baratinha Ninja

Segunda feira de carnaval, pronta para o meu merecido descanso, lençol da cama esticadinho, como eu gosto e sinto sede.
Simples, caminho até a cozinha e com essa crise hídrica tão falada, estou usando copo descartável, assim com a desculpa de economizar água, não lavo copos, unindo o útil ao agradável.
Estava eu degustando minha água gelada, quando olho para o  piso branco da minha cozinha e vejo algo preto.
Em uma fração de segundos, olho de novo e lá está ela  a maldita barata.
Tenho que pensar rápido, ela está na cozinha e veneno está na lavandaria, logo tenho que passar por ela, pegar o veneno e voltar, isso é tempo demais e ela não pode sumir do meu campo de visão, então resolvo, "ai" , pegar minha linda e moderna havaiana e dar uma chinelada nela.
Miro alvo, aperto os olhos pra não ver e plaft.
Tiro a chinela e lá está o corpo estirado.
Obs. passo veja multi-ação no solado da chinela.
Se chamassem um SAMU de baratas eles chegariam, iriam balançar a  cabeça e falar: óbito às 00:00 hrs.
Aliviada,  abri o armário peguei papel toalha para cobrir o corpo e em seguida pegar a pá na lavanderia,  e quando me viro com quase o rolo inteiro de papel nas mãos, olho  para o chão e...
Cadê a maldita barata morta?
Sumiu!
Parte dela estava lá no meu piso branco.
Que sensação horrível.
Lembrei daqueles filmes onde um policial atira no bandido que cai morto  e o policial vira-se por um segundo e quando olha de novo o bandido tinha sumido...
Pensei rápido, onde?
Embaixo da pia lógico.
Abaixei,  olhei e lá estava ela.
Irritada, ao invés de pegar um veneno, pego uma vassoura.
E levo outro olé da baratinha manca.
Pensem em uma mulher desolada  e parada no meio da cozinha,  olho em volta e vejo a  baratinha manca  correndo na direção da  minha sala!
Ahhhh isso já era demais.
Peguei a minha chinela, fechei os olhos e plaft.
Desta vez deu certo.
Papel toalha, pá e saco de lixo.
Boca do saco de lixo bem amarrada, mas com barata ninja não se brinca.
Coloquei o saco em outro saco, novamente amarrei a boca do saco e... 
Obs. mais veja multi-ação na minha chinela e álcool no piso, e 
FIM





Até mais e seja feliz,


Marieci

4 comentários:

  1. Que barata forte em? Alias estes benditos insetos são muito resistentes, sem contar com a agilidade que eles tem.
    Corajosa vc! Beijos!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahah ai Edna....
      Já estou providenciando uma cobrinha de tecido, para porta... é o único lugar pra essas danadas entrarem!!!
      abraçooo

      Excluir
  2. MARIECI,

    tadinha da barata! kkkkkkkkk

    Um abração carioca.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como assim ? Tadinha da barata...kkkkkkkkkkkk

      Excluir

Boraaaaa!!!! rs