sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Dinheiro, saúde, amor, amigos ou amigos, saúde amor...

Dinheiro, saúde, amor, amigos, ou amigos, saúde, amor e dinheiro... ou seria  amor, saúde, amigos, dinheiro, paz... ou saúde, paz, amor e dinheiro.. ou a ordem do fator não altera o produto final que é ser feliz...
Desejo apenas, que 2012 seja doce.
Não acredito em destino, nem que tudo já esteja totalmente desenhado em minha vida. Por isso vou fazer e tornar doce, cada instante de minha vida... em casa, no trabalho, com pessoas queridas, com as nem tão queridas assim... é isso!
Um sopro... uma erva que nasce e morre no dia seguinte... assim é a vida.. então, meu Deus... porque complicar, tornar difícil o ato de viver?  Deus quer que sejamos felizes. Então por favor faça a vontade D'Ele! 
Não passe seus dias trancado, brigando consigo mesmo.
Uma vez li que um grupo de cristãos foram orar pela madrugada, ao nascer no sol nas montanhas, e enquanto o sol nascia a maioria deles estavam  com as sua cabeças abaixadas e  os olhos fechados... naquele momento único, onde todos deveriam estar com os olhos abertos, olhando e  agradecendo o presente que Deus lhes proporcionava naquele momento, aquele lindo nascer do sol....
Hey...não deixe os melhores momentos de sua vida passar e voce estar de cabeça baixa, sem notá-los.
Faça coisas que te deixam feliz. Faça outras pessoas felizes. Seja feliz. Seja gentil. Seja doce...
A vida será bem melhor... e voce notará a diferença...


Até mais,



Cidinha Marieci

domingo, 25 de dezembro de 2011

Carta de uma mulher ao Papai Noel



Envio esta correspondência com um mês de antecedência, pois percebi que organização não é seu forte e quero que o senhor tenha tempo de preparar tudo certinho.




Este ano não tenho a menor intenção de ser humilde, pensar no próximo, ser caridosa, etc. Vou pedir sem miséria, estou de saco cheio de ser delicada em meus pedidos e receber migalhas.
Segue minha lista, posso assegurar que muitas outras mulheres irão gostar, de modo que o senhor pode produzir tudo no atacado para baratear os custos:

  • Desejo que não haja limite nos cartões de crédito, e que exista um código especial para fazer compras, de maneira que a fatura seja automaticamente zerada.

  • Quero um homem de verdade, Mas, fala sério, Papai Noel, não me traga imitações! Diga NÃO à pirataria! Chega de genéricos!
  • Quero um dispositivo instalado no umbigo que jogue fora toda a gordura consumida, desinflando os pneuzinhos automaticamente
  • Quero também um aspirador gigante, com detector de canalhas, de modo que se algum deles se aproximar, seja imediatamente sugado, triturado e reduzido a pó.

  • NÃO QUERO ME DEPILAR NUNCA MAIS !!! Ou o senhor faz a moda pedir pernas, axilas, buço e virilha cabeludas, ou suma de vez com todos os pelos indesejados de meu corpo.
  • Um chocolate que elimine a celulite e hidrate a pele ao ser ingerido.

  • Quero uma manicure e pedicure definitiva, que dure para sempre como se tivesse acabado de fazer.
  • Meu marido, noivo, namorado, ou rolo, deve adivinhar todos os meus desejos, e toda vez que se aproximar de mim deve dizer o quanto sou linda, inteligente e especial. Que me traga presentes e trate bem minha família, e também adivinhe quando for hora de sumir, quando eu estiver sensível ou com TPM
  • Um presente ideal seria uma gravidez que durasse apenas dois dias e um parto indolor.
  • Para o ciclo menstrual, vou ser camarada, pedir que dure 2 horas. Também gostaria de um botãozinho que eu apertasse quando quisesse estar fértil.

  • Quero roupas que sofram uma metamorfose de acordo com as tendências e as estações, com tecidos auto-limpantes e auto-passantes.

  • Se um homem se atrever a me trair, ou estiver mentindo, que uma luz vermelha se acenda em seu nariz, como aquela sua rena, e que logo em seguida ele confesse tudo o que fez. Em caso da mais remota chance de infidelidade, faça com que ele não consiga uma ereção naquele momento. Mas, atenção, não quero uma brochada definitiva, pois também não me seria conveniente.

  • Quero uns comprimidos que alterem automaticamente cor, comprimento e textura do cabelo, permitindo os mais variados penteados, que voltarão ao normal no momento em que eu assim desejar.

  • Vou pedir novamente um suprimento infinito de sapatos, bolsas, cosméticos e jóias, visto que minha solicitação anterior foi esquecida.
  • E quero também um espaço auto-organizante que acomode tudo.
  • Também vou pedir DE NOVO: me mande um robozinho que limpe, lave, passe, cozinhe e toque música, que não falte, não peça aumento e não acabe com o sabão em pó em uma semana.

  • Bumbum, peitos e coxas, tudo com botõezinhos que inflem e desinflem segundo a ocasião, situação e minhas intenções.

  • Que abdominais sejam coisas que possamos comprar prontas, no supermercado.
  • Quero 150 de QI e 50 de cintura, NÃO O CONTRÁRIO !!

PAPAI NOEL, MEU FOFO !!!
Espero que não seja muito complicado atender minha listinha.
Nos vemos em dezembro, mas se conseguir terminar tudo antes, ficarei imensamente grata.
Com carinho,
Uma mulher como todas...
(Autor desconhecido)

Até mais


Cidinha Marieci

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Os incomodados que se retirem!

Ah! Os incomodados que se retirem!
Já ouviu isso alguma vez?
Duro de ouvir esta frase não é mesmo? 
E normalmente quem fala é quem realmente está incomodado e irritado...
Bom, dia desses, estava indo trabalhar, sossegada e tranquila, quando  vi a moça do meu lado abrir a bolsa e tirar uma lixinha de unhas e começar a fazer a unha, ali mesmo, no banco do trem.
Olhei aquilo, sou meio nojentinha sabe? Algumas coisas me incomodam profundamente...
Fechei meu livro, olhei ao redor, haviam alguns lugares desocupados, olhei de novo pra moça, levantei, saí e sentei-me tranquilamente em outro lugar, bem longe!
Então, uso essa frase na minha vida, mas não grosseiramente como ela soa, quando se ouve alguém falando, mas de uma forma doce e gentil para a minha vida...
Ah... isso não está me fazendo bem? Paro de fazer...
Essa pessoa é incoveniente? Me afasto...
Ahh... mas esta pessoa é o melhor amigo de fulano... e daí?
Ai estou atrasada, mas o ar condicionado do trem não está funcionando? Saio e espero outro...
Essa conversa mesmo no skype não me agrada? Dou tchau!!
Esse sapato é lindo mas não é confortável? Não compro!
Mas todo mundo vai... se não gosto, não vou!
Tenho só uma vida para viver e não vou passar os dias incomodada não... 
Já fiz muito disso,  já fingi ser o que não era, já sorri quando na verdade queria é sair correndo, já paguei contas que não eram minhas e já falei sim eu posso, quando na verdade não podia nem comigo mesma.
Falar não quando preciso, tornou-se regra fundamental em minha vida agora, e como diz Martha Medeiros, falo mesmo!
E sem a menor culpa!

Até mais




Marieci

domingo, 18 de dezembro de 2011

A borboletinha que não pode voar...

Não sei de muita coisa, mas de uma coisa eu sei, vou ser feliz...
Ficar paradinha aqui, sem correr,  apenas cuidando do meu jardim, pra ver se como Mario Quintana disse, as borboletas virão.


Num instante em que eu estiver distraída...
Será que eu consigo ser ainda mais distraída, do que sei que já sou? (risos)
Bom digo isso, porque andei lendo por aí, que a tal da felicidade não quer ninguém correndo atrás dela, segundo os estudiosos no assunto, um momento de distração e basta pra ela!
E só olhar e lá está a danadinha, tranquila pousando em seus ombros.
Mas aí me pergunto de novo, como manter uma borboleta, chamada de felicidade, pousada em meus ombros? Sem voar pra outros jardins? aiaiaiai
Isso, acho que foge de meu entendimento...
Mas minha amiga disse que uma chegou ao seu jardim esses dias, eles alimentam  e cuidam dela... é certo que a borboletinha dela tem um probleminha na asa e não voa tanto...
Ai que confusão...

Foto real da borboletinha no lar da minha amiga Lena


Então pensando, na frase do Mario Quintana que diz "Não corra atrás das borboletas, cuide do seu jardim que elas virão até voce..", e numa outra frase que diz: "Não corra atrás da felicidade, um belo momento voce se distrai e ela vem e pousa em seus ombros", e também pensando na borboletinha que pousou no jardim da minha amiga, me faz chegar a conclusão, que a borboletinha, pode vir sim,  chegar, pousar e deixar todos felizes... porém, contudo, todavia ela pode trazer consigo algo que necessita de cuidado e carinho, igual a borboletinha que chegou no jardim da minha amiga, que segundo ela mesma disse, a pobresinha não voa direito e precisa de cuidados com alimentação, e quem cuida dessa parte é o marido dela.
Por favor, não me perguntem como alimentar uma borboletinha, porque eu não tenho a menor idéia...(+risos)
Preciso consultar a minha amiga,  ainda sobre isso.
Então, Mario Quintana disse pra cuidar do jardim que as borboletas virão... outro escritor disse.. não corra atrás da felicidade, pois quando voce mesmo esperar ela pousará em seu ombro, distraídamente, e ainda, segundo a minha amiga uma delas chegou ao seu jardim, literalmente, mas precisando de cuidados...
Não sei... acho que acabei de perceber, que ser feliz é isto.
Não um mundo azul de núvens brancas, um amor perfeito e filhos obedientes e limpos, casa todo dia arrumada, cheia de luzinhas piscando no natal, e sorrisos de comercial de creme dental...
Não!
Isto tem outro nome: Aparência.
Isto é a novela que passa na TV.
Onde a mulher acaba de divorviar-se e tem dinheiro pra pagar uma viagem no dia seguinte, e se não fosse o bastante, ainda por cima ao seu lado na cadeira do avião está um verdadeiro príncipe, solteiro e  que ao primeiro olhar se apaixonam loucamente um pelo outro!
Isto é novela... bonito de ver... mas não existe.
O que existe de verdade mesmo,  é aquela borboletinha que pousou no jardim da casa da  minha amiga; Linda, colorida, trazendo alegria, mas carente de cuidados.
Nada nesta vida é 100%.
Nós não somos 100%.
Não vamos cobrar de ninguém então  100%.
Então, bora corrigir o inicio deste texto, porque eu sei que tenho um jardim lindo, e lindas borboletas voam por ele. Algumas enormes e saudáveis, outras menorzinhas e coloridas, outras sem saber voar direito e precisando de quem as alimente.


É... é isso!
Gente.. eu sou  Feliz!!!
Abraço ...





 Até mais,


Cidinha Marieci

sábado, 17 de dezembro de 2011

50 anos – muito mais que 50 bênçãos!!


01 – Minha vida…
02 – Minha Salvação…
03 – Minha filha…
04 – Minha Saúde…
05 – Livramentos (Meu Deus quantos foram centenas ou mais,acho que mais, muito mais!!!)
06 – Minha casa.
07 – Minhas roupas.
08 – Minhas coisas.
09 – Meu trabalho.
10 – Meus amigos.
11 – Meus irmãos.
12 – Minha fé.
13 – A música.
14 – Meu pão de cada dia!
15 – Minhas contas.
16 – Cura – Meu Deus quantas vezes me socorreu!!
17 – Minhas expectativas…
18 – Momentos que pensei: Acabou! Mas portas de abriram! Eu disse portas!
(No plural),
19 – Meu corpo.
20 – O Espírito Santo! É tudo em minha vida!!!
21 – O sorriso de cada dia.
22 – A lágrima que me ensinou.
23 – Os dias de sol.
24 – Os dias de chuva.
25 – Um médico que conheci.
26 – Móveis novos que comprei.
27 – O dia que peguei as chaves do meu apartamento.
28 – E o dinheiro pra reforma então? Meu Deus como sou abençoada!
29 – O quarto da minha filha.
30 – Minha família.
31 – Quando soube da formatura.
32 – Alguns mimos que eu sempre quis e Deus me concedeu.
33 – Crédito, é bom ter.
34 – Meu nome.
34 – minhas mãos…
35 – Meus pés, aí me lembro meus sapatos, ai meus sapatos!
36 – Meus dias e todas as noites, acompanhadas de todas as tardes, com todos os pôr-do-sol e com o nascer–do-sol de novo no dia seguinte, oh! meu Deus como te agradecer!
37 – Minha coragem.  Meu Deus como me ajuda!!
38 – Meus medos, porque me ajudam a ter coragem…
39 – Recomeço. Isto é uma benção que vale por milhares de bênçãos, a chance ou a oportunidade que Deus nos dá de . . . R e c o m e ç a r!!!
40 – Oportunidades. Meu Deus quantas foram mesmo? Eu te amo!!!
41 – Esperança, esperanças renovadas…
42 – Sonhos possíveis.
43 – Aceitação.
44 – Velhos amigos reencontrados por acaso… Que delícia!
45 – Novos amigos que surgiram.
46 – Meu sono…
47 – E a paz no coração então? Obrigada meu Deus!
48 – Pequenas viagens, que pareceram ser tão grandes!
49 – Memórias…
50 – Ai… Tantos planos à realizar,  tô começando gente, depois eu volto pra contar mais!!!!




Até mais





 "A vida, esta vida que inapelavelmente, pétala a pétala,

vai desfolhando o tempo, parece, nestes meus dias,
ter parado no bem-me-quer …”

 José Saramago


 Marieci




Sou a miss imperfeita, muito prazer....



Sou a miss imperfeita, muito prazer.
Uma imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio, levo e trago filhos do colégio, almoço com eles, estudo com eles, telefono para minha mãe todas as noites, procuro as amigas, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, vou ao dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, faço reuniões ligados à minha profissão e ainda faço escova toda semana - e as unhas! e, entre uma coisa e outra, leio livros.

Portanto, sou ocupada, mas por mais disciplinada que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres. primeiro: A dizer não. segundo: A não sentir um pingo de culpa por dizer não. Culpa por nada, aliás.



Culpa zero.

Quando você nasceu, nenhum profeta entrou na maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que você seria modelo!
Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa; Tudo o que desejaram é que você não chorasse muito e mamasse direitinho.

Você é humildemente, uma mulher.

E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos... É ter tempo. Tempo para fazer nada. Tempo para fazer tudo. Tempo para dançar sozinha na sala.

Tempo para sumir dois dias com seu amor.
Tempo para uma massagem. Tempo para ver a novela.
Para procurar um abajur novo para seu quarto.
Tempo para voltar a estudar.
Para engravidar.
Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser profissional sem deixar de existir. Existir, a que será que se destina? Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.

Portanto, não queria sair por ai batendo "record
s"...
Pense nisso!
Martha medeiros



Até mais




Cidinha Marieci

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

E de horizonte em horizonte...

"Ela venceu tudo na guerra, na vida e no amor também..."

É a música que estou ouvindo, parte em espanhol e parte em  francês.
Sou eu a letra desta música.
Meu Deus quantas guerras já venci!
E quantas coisas já reconstruí,  depois de ver tudo derrubado e tal qual a  letra da música, depois de vencida a guerra, foi como nada.
Vendo mais este ano acabando, descobri que muitas daquelas expectativas que eu costumava ter, imaginar que o outro ano seria como num passe de mágica tudo novo...engraçado, essa coisa de ilusão, e quanto tempo não se perde com ela, quem inventou esta palavra? E por que cargas d'água nos deixamos levar e perder tanto tempo imaginando coisas, ao invés de fazer alguma coisa.
Nem posso parar pra pensar em quanto tempo perdi, ouvindo conselhos errados, sonhando sonhos impossíveis, e insistindo em acreditar no que eu imaginava estar ali, além do horizonte.
Mas aí um belo dia eu vi, que tinha que lutar pelo que estava dentro da linha do meu horizonte, que depois outro horizonte iria surgir, e assim de  horizonte em horizonte, enfim chegar.
Chegar?
rs
Não! Horizontes infinitos existem pra serem alcançados!
Uma vez li, que existe um tipo de aranha, que se alimenta de outras aranhas, e aí, a presa ao vê-la se aproximando não se perturba, pois confunde uma aranha inimiga, como se fosse amiga  e deixa então  a sua inimiga ir criando teia ao seu redor e quando ela se dá conta, já está presa, não pode fugir e é atacada e morta.
Fiquei pensando nisso, e o autor do livro disse que as vezes, pessoas até amigas, nos dão conselhos errados e acreditando neles prosseguimos e quando nos damos conta, estamos enrolados, o tempo passando e sem saída.
Cuidado.
É preciso ter cuidado com o que se ouve, e com os conselhos, que são bons sim, mas precisamos, ouvi-los com atenção, ver o que realmente tem de bom, e depois, sim, decidir.
Quanto a mim estou decidindo.


Até mais

 Marieci



domingo, 11 de dezembro de 2011

Apenas ouça...







E eu que até ontem fui um desocupado
Hoje sou o guardião dos seus sonhos de amor
Amo-a até morrer
E podem destroçar tudo aquilo que veem
Porque ela com um sopro volta a criar
Como se nada, como se nada
Amo-a até morrer

Ela para as horas de cada relógio
E me ajuda a pintar a dor transparente
Com seu sorriso
E ergue uma torre do céu até aqui
E me costura umas asas e me ajuda a subir
A toda velocidade, a toda velocidade
Amo-a até morrer

Conhece bem cada guerra
Cada ferida, cada ser
Conhece bem cada guerra da vida
E do amor também


Até mais


 Marieci

sábado, 10 de dezembro de 2011

O Amor

O dia amanheceu assim, milhões de coisas pra fazer.. ai que exagero... milhões? É eu sei, sou um tanto exagerada de vez enquando...mas tenho sim algumas coisas pra fazer.
Mas enfim estou aqui, esperando por umas pessoas, e ouvindo Someone like you, com a Adele... Alguém como voce.

 

O mundo gira, os anos passam, a vida se moderniza, computadores de última geração, mas o bendito do amor continua ali, não  muda!
O tempo passa, e aquela coisa de olhar para alguém e pensar: "ai meu Deus", não muda!. Que raio de sentimento é este! Tão puro, tão lindo, tão perfeito, tão dolorido, tão quente, táo passivo, tão calmo, tão resistente, tão insuportável e tão suportavelmente bom!
Um inferno? Um céu?
Um céu... sem sombras de dúvidas..quando é amor!
Amor pelo  seu amor, amor pelo seu  filho, amor pelo seu amigo, amor por suas coisas, amor pela vida, amor pelo próximo, amor pelo que há de vir, amor pelo que se viveu,  amor  pela vida que se têm, amor pelo seu trabalho, por que não? Enfim, amor por voce!
A biblia fala que ele, o amor, é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
e que o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta e que é o maior de todos os sentimentos, inclusive maior que a fé! É,  ele é maior que a fé, não adianta acreditar, se voce não ama, se voce só reclama, se voce olha ao seu redor, e vê coisas não tão boas assim e pensa dentro de voce, é assim mesmo, não tem mais jeito, acabou!
Sabe aquela plantinha, que parou de dar flor, já há muito tempo? 
Então, voce precisa pegar ela, colocar um pouco de terra nova, um pouco de água algumas vezes por semana, deixa-la perto da luz, isso chama-se cuidado, e somente quem ama cuida, e alguns dias depois voce vai perceber a mudança na cor das  folhas, no brilho e quando voce menos esperar ela te dará uma flor, é o retorno do seu cuidado, do o amor que um dia foi dado, lhe trazendo a vida de volta
Deus acredita que voce pode amar assim e eu também acredito que podemos amar assim.

Até mais


Cidinha Marieci

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Laranja, kiwi e mel

Laranja, kiwi e mel...






Foi esta a receita que li numa revista, dizendo ser uma excelente fonte de energia, servindo então,  para cansaço fisico, mental, stress e por aí vai.
Mistura-se tudo, faz um suco e puft.... É como o espinafre para o marinheiro Popeye... hunmm fiz, sem pensar nos resultados, apenas imaginei o azedinho do kiwi, misturado com a laranja e o doce do mel! Ai não resisti...
Tenho certeza que ao ler isto, se voce não tiver em casa a laranja, o kiwi e o mel, vai sair correndo,   para ir no mercado e esquece do cansaço rapidinho, só para preparar o tal suco.
Se ele dá tal energia prometida, não sei, mas que é uma delícia ahhh isso é.
Acredito que o cansaço desaparece logo ao ler a receita, de tanta vontade de tomar o suco. (risos)
Um belo exemplo de placebo....
A gente simplesmente acredita, e acontece!







Até mais



Cidinha Marieci

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Dona do próprio nariz

Revendo coisas, lembrando de outras, olhando ao meu redor e me respondendo: é, acho que fiz tudo certo.
Como mulher, dona do meu próprio nariz e das minhas contas, me sinto realizada, e vendo um futuro bacana, mas se ele chegar diferente do que vejo hoje, chegar  cinza ao invés de azul e amarelo, que são minhas côres preferidas, planto um girassol, e desenho núvens azuis, ou simplesmente fecho os olhos e vejo tudo colorido.
Houve um tempo em minha vida em que dependia da felicidade de outras pessoas para ser feliz, dependia do sorriso de outras pessoas para sorrir o meu, dependia da aprovação de outras pessoas, para decidir.
Isso não era nada bom.
Precisamos de outras pessoas sempre, precisamos de amigos, do carinho da família, de um amor , mas em alguns momentos, precisamos de nós mesmos, e é nestes momentos que descobrimos, o quão importante é estar bem consigo, é se olhar no espelho e sorrir e falar "oi", sem medo do seu reflexo, é olhar para aquela ruguinha e ver que não é tão mal assim, triste mesmo deve ser ter  rugas na alma, que não existe cirurgia plática ou aplicação alguma que a retire dali.
Por isso, respire.
Ame-se.
Acredite em voce.
Sonhe com voce.
Faça..
Estude.
Cante.
Dance!
Não tenha vergonha se seu gosto musical mudou! Mude!
Nao ande em linha reta, faça curvas, quem sabe o que te espera ali?
Leia, se puder viaje, se não puder, assista um filme.
Mas viva, espreguice-se, abra as janelas e olhe, a vida está acontecendo é só ir!
Boa sorte, boa vida...
Até mais



Cidinha Marieci


domingo, 4 de dezembro de 2011

Coisas que só acontecem comigo - Parte 3

É..

Só comigo mesmo!!

O telefone toca...

- Alô
- A Cidinha?
- Pode falar é ela!
- Com essa voz?  Não estou acreditando, é a filha dela não é?
- Claro que não! Sou eu!
- Com essa voz de criança??

 Silêncio

(risos)

Será que vou ter que procurar um fonoaudiologista?!!


Por estas e outras postei esse vídeo aí, com duas mulheres de voz bem grave...  difereeeeeente da minha  (+risos)


Até mais..



Cidinha Marieci

sábado, 3 de dezembro de 2011

Coisas que só acontecem comigo parte II

É, alguns dias atrás passei por uma manhã complicada indo para o meu trabalho. Estação de trem lotada.
Suspirei.
Desci as escadas rolantes e  pensei: "calma Cidinha o dia só está começando", um acidente havia parado o trânsito, restando  trem e metrô como opção! ok, bora lá então!
Sempre encontro um lugar pra viajar tranquila, sem incomodar e sem  ser incomodada, mas naquele dia estava dificil. De repente uma moça começou a passar mal, nossa ela de branquinha, ficou verde, tremendo, e todo mundo olhando, sem falar nada.
Muito estranho como as pessoas estão tão próximas fisicamente, mas tão distantes uma das outras, e ninguem falava nada. Então eu pensei: "coitada, vou perguntar se ela esta melhor" oferecer sal", porque, sabe a minha pressão é baixa, então não falta uma sachesinho de sal na minha bolsa.
Encostei de leve a minha mão em seu ombro e perguntei se ela estava se sentindo melhor, disse que sim. Ofereci o sal. Ela agradeceu e não quis. Passado mais um tempo e e vendo que ela não estava nada melhor, perguntei aonde ela iria desembarcar, em Pinheiros - disse ela. Tentando ser gentil ofereci minha ajuda, pois estava com uma mochila pesada e um agasalho nas mãos, mas ela agradeceu e recusou.
 Mal conseguia andar e carregar a mochila.
Um passageiro do meu lado me falou, deixa, voce ofereceu ajuda ela que não quis.
Foi então que pensei, meu Deus que mundo é esse que ninguém se ajuda, nem aceita ajuda... Bom,  foi ela lá sozinha, saindo na mesma estação junto com uma multidão de pessoas.
O dia foi passando e no final do meu expediente, saí do trabalho, passei no banco, resolvi umas coisas aqui, outras ali e em plena Avenida Paulista, cheia de gente de nariz empinado, mulheres com bolsas de marca, que todo mundo sabe que foi comprado na 25 de março, mas enfim, de repende olhei pro chão e o que vejo?? (risos) Uma baratinha! Isso mesmo uma baratinha, louquinha, tontinha coitada,  e não é que ela conseguiu atravessar a calçada inteira sem ser pisada!!! Claro que não tentei descobrir pra onde a baratinha foi, mas que ela cometeu uma grande proeza naquele dia, ah! isso sim! Deve estar até agora contando vantagem para as outras baratinhas de sua comunidade! (+risos)


PS. Como são coisas que só acontecem comigo, esta música não combina nadinha com o que escrevi aí encima, ouvi na página de um amigo, fiquei ouvindo achei tão linda que postei aqui....


Ate mais



Cidinha Marieci

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

webcam

Assim amanheceu mais um dia com chuva e  frio lá fora,  é melhor nem pensar, bora então escrever e esquecer ou escrever e lembrar mais, sei lá.
Hoje...
Sabe, liguei o computador e a maioria dos meus amigos não estavam aqui, aí  dá vontade de  entrar na tela e ir até a casa de cada um e falar, "hey, vamos lá conversar, rir, jogar conversa fora!"
Precisam criar logo um dispositivo deste tipo, pensou... Você se conecta,  clica e puft, sai da sua cadeira e voa até o outro lado da tela!!!
Nossa, viajaria, viajaria muito... reencontraria e abraçaria velhos amigos, olharia nos olhos de novos amigos que conheci aqui!
Quando criança gostava de escrever, quando adolescente tinha um caderno de poesias (risos),  perdi o caderninho com tantas mudanças que a vida me fez fazer... Não tinha telefone e nem sonhava com um computador, notebook, e muito menos um tablet. Escrevia cartas, recebia cartas era bom.
Hoje, acordo e ligo essa máquina que não precisa de selos, basta um clique e todos sabem onde estou e o que estou fazendo, não tenho uma webcam no meu pc, não sei porque...
Quando surgiu o celular, demorei a ter um...um amigo meu falava que eu era chic, porque ele falou uma vez, "da o seu celular"... eu respondi, "não tenho, liga em casa ou vai lá em casa", ele riu... Algum tempo depois com a minha filha já querendo sair a noite com amigos da faculdade, comprei dois... (risos).
Depois o computador, a internet, o msn, o orkut, o facebook, mas não tinha nada só e-mail,  porque não queria, pensava "isso vai ser um saco" (desculpa a expressão); Mas aí um amigo.. veio aqui em casa para dar uma olhada no computador e falou: "faz Cidinha";  Acessou a internet, criou orkut e msn onde ele era meu unico amigo! (risos)
E aí o povo foi me achando, me adicionando, hoje tenho de tudo aqui, até este blog (+risos).
Reencontrei e fiz grandes amigos, mas, ainda sou resistente  a câmera. Gosto de privacidade, de ficar a vontade na minha casa, já existem tantas câmeras no trabalho, no banco, na entrada no prédio, na portaria, na rua, no mercado e agora dentro da minha casa... não sei... estou pensando, mas sei que não vai demorar muito não.... rs



Até mais





  Marieci

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

O Futuro

Ali tão pertinho, onde não podemos ver, há um segundo de distãcia está ele, o futuro, o futuro que voce tanto espera e sonha, o futuro onde só voce sabe como se imagina, acredite voce está vivendo o futuro sonhado agora! Neste exato momento. Então acho que está na hora de acordar, despertar, espreguiçar e viver este momento que lhe chegou as mãos.
Vamos, levante-se, compre flores, enfeite aquela malha esquecida no guarda-roupa, não espere mais o futuro, viva este presente, cozinhe com dedicação, ame seus objetos, doe  aquilo que está sobrando, distribua sorrisos, use seu baton preferido, olhe para o lado, olhe o que, e quem está ao seu redor e ame , pois tudo que você vê, é o futuro que lhe chegou! Ahhhhhh não está como voce queria? Mude! Comece mudando alguns móveis de lugar, trocando a cortina, comprando uma coisa nova, uma roupa nova e viva. 
Por favor não espere pra ser feliz quando o futuro chegar, quando você quitar o apartamento, ou quando terminar a faculdade, não espere pra ser feliz quando encontrar um grande amor, seja feliz com você, olhe para o lado seu amor pode estar aí, do seu lado! Se não estiver,  não morra por isso. É maravilhoso ter um amor, mas melhor é se amar, e gostar de si, assim por nada, é olhar no espelho e gostar do que você vê, com 20, com 30, com 40, 50 sei lá quantos anos, não importa, toda idade tem sua dor, mas também tem seu prazer!
Acredite sempre, ondas vão e vem e quem sabe o que ela trará escondida dentro de uma garrafinha, quantas surpresas lhe reservam o próximo segundo, você saberia me dizer? Não,  nem eu nem voce, só depois que ele chega é que realmente podemos saber.
Então, ouça aquela música, dance, ame, abrace, sonhe..mas por favor viva este momento, mesmo que haja dor, chore, porque a tristeza pode durar uma noite inteira, mas a alegria sempre vem ao amanhecer! (Bíblia)
Não sofra por antecipação. Tenha calma, sempre. Lembre-se de respirar, a gente esquece até de respirar as vezes sabia? Então comece assim, respire, sorria, olhe ao seu  redor.. e viva!


Até mais




 Cidinha Marieci

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Logo ali

Longe...foi essa música que ouvi, enviada por um amigo que mora distante.
Cliquei o play e dizia, "longe é um lugar que não existe..." "águas e tempos evaporam...",  me fizeram pensar, quantas coisas perdi e quanto de águas e tempos já se evaporaram da minha vida, das nossas vidas, enquanto apenas pensamos que vivemos, trabalhando feito loucos,  correndo de um lado para o outro, preocupados com a água, a luz, o telefone. o condomínio e claro a internet (risos),  e esquemos do trivial, das coisas que nos fazem cantar sem saber porque... ahhhh parei! Sem essa de não ter tempo para os amigos, para um jantar, para os filhos, para quem se ama, para comprar flores, ouvir uma boa música, ler um livro, ir ao parque...
Decidi, que não vou mais ser tão resistente com as coisas, com meus sentimentos, vou deixar a vida fluir em mim, tudo que eu quero agora  é simplesmente viver... mas calma meus queridos, vou seguir certinho os conselhos dados por esta canção, vou ser vizinha de onde moram meus melhores pensamentos, nada de saltar de para-quedas e olhos vendados, achando tudo lindo, porque a gente demora, mas a gente aprende que pra ser feliz de verdade, tem que ser com olhos bem abertos, vendo tudo que se passa em volta, mesmo sem acreditar que tudo aquilo está acontecendo de verdade em nossa vida. Pés no chão,  coração aberto. Bora ser feliz! Aonde está  a tal da felicidade?
Está ali!
Olha...
Logo ali!






Até mais

Cidinha Marieci

sábado, 19 de novembro de 2011

Liberdade

Liberdade... quem não a quer? Mas,  afinal o que é a tão procurada liberdade? Começamos crianças empurrando os coleguinhas para ficar com aquele brinquedo, depois adolescentes nos trancando no quarto, não querendo ouvir ninguém... depois vem a parte dificil, no trabalho vem os chefes mandando mandando, mandando, e voce aprende, não dá pra ser tão livre assim! Na infancia, adolescencia seus pais ditam as regras,  aí quando voce pensa, tenho meus 18, 20 anos, ah vou fazer o que bem entender, então um belo dia voce se apaixona, e adivinha? Uma pessoa que voce nunca tinha visto antes, começa a impor pequenas regrinhas também!! Ahhh a vida como é deliciosamente saborosa se souber usufruir-la com humor, todos os momentos! Então revendo.. seus pais mandam em voce na infancia, adolescencia, voce se torna uma pessoa adulta e se  apaixona,  casa e alguém dita outras regrinhas básicas de convivência,  o tempo passa, o casamento não deu certo! Ahhh que pena..... mas o tempo passa...
Ai depois daquela fase de reconstrução da alma, voce acorda uma bela manha, bonita de novo, feliz de novo e finalmente livre!!! A liberdade... ahhhhhhhhh.. Então voce se arruma, passa seu baton favorito, escolhe uma roupa legal, pra dar uma volta,  ir fazer compras no shopping, sair com uma amiga,  e aí seu filho olha pra voce e diz:  vai aonde mãe? sair com quem? vai chegar tarde! (risos) adoro viver!!!




Até mais





Cidinha Marieci